Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Direito Autoral, Criatividade e Plágio na Economia Criativa

O artigo de Marcos Wachowicz e Manuela Gomes Magalhães Biancamano analisa na Era da Informação as tecnologias e a comunicação em rede podem ser consideradas como propulsores do conhecimento, percebe-se o surgimento da economia criativa, que possui a criatividade como seu eixo central e insumo da inovação.

A criatividade passa a ter valor agregado na sociedade, na indústria e no mercado de trabalho e do consumo, sendo reconhecida inclusive pelo seu valor econômico.

Com múltiplos aspectos, especialmente no que se refere à cultura, o estímulo à criatividade é defendido pela inconteste capacidade de geração de riquezas.

Neste cenário desponta a importância da tutela dos direitos autorais dos criadores de obra intelectual, quando têm autoria e paternidade de suas obras usurpadas em decorrência dos mais variados tipos de plágio.

Deste modo, o presente trabalho analisará o plágio no cenário da economia criativa, inclusive ponderando a questão da criatividade sob o viés crítico da indústria cultural repetitiva de baixa originalidade.

ARTIGO COMPLETO EM PDF – Pode baixar direto no arquivo em pdf abaixo

artigo_direito_autoral_criatividade_e_plagio_na_economia_criativa

 

 

Assine nossa newsletter:

Fechar Menu