Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Imagem padrão blog

Boletim GEDAI – janeiro 2021

Na edição de janeiro de 2021, o Boletim do GEDAI traz seis publicações  elaboradas por seus pesquisadores , abordando questões relativas ao Plágio Acadêmico, Proteção de Dados e Marketing Digital.
Direitos-autorais-plagio-produção-academica-gedai-ufprNo primeiro estudo, Luiz Eduardo Martelli da Silva e Marcos Wachowicz, analisam às causas da prática de plágio no sistema de educação universitária e de produção acadêmica, apresentando
as dificuldades que se observa para coibir a prática plagiaria com o uso dissimulado de tecnologias cada vez mais avançadas quanto ao plágio, como a exemplo os essay writers e os spinner programs que provocam desconforto e desconfiança quando se trata de medir a qualidade das pesquisas científicas, o que reflete diretamente na credibilidade da ciência.

decisoes-judiciais-sobre plagio-academicoNo segundo estudo, Laura Capobiango e Luciana Reusing trazem importantes reflexões sobre as decisões administrativas e judicias sobre plágio acadêmico, tendo como objetivo uma análise comparativa das decisões administrativas em razão do princípio da autonomia das universidades e das decisões reavaliadas pelo Poder Judiciário, diante da problemática do Plágio Acadêmico ser configurado como ilícito na legislação brasileira.

plagio-academico-ufpr-gedaiNo terceiro estudo, Gabriel Vicente Andrade e Marcos Wachowicz realizam uma pesquisa de campo nas principais universidades públicas do país, apontando a existência de uma desinformação sobre plágio nos meios acadêmicos, concluindo que o plágio ainda é pouco fiscalizado e inibido nas universidades e, por isso, há ainda a persistência da prática nestas instituições, alertando ser necessário que as instituições se organizem de maneira mais efetiva a fim de propagar uma cultura anti plágio, através de práticas institucionais, normativas mais especificas e movimentos de conscientização a respeito do plágio.

direitos-autorais-pirataria-digital-gedai-ufprNo quarto estudo, Luccas Abraão de Paiva Vidal, Rodrigo Rodrigues Seratiuk e Pedro Henrique Carvalho da Costa, realizam importantes reflexões sobre a construção do conceito de Pirataria Digital nos dias atuais, bem como esboçam possíveis formas para o seu controle. Cabe olhar com atenção para o mundo digital e analisar o desenvolvimento destas situações que produzem argumentos cada vez mais sólidos, para maior regulação da internet.

concorrencia-desleal-links-patrocinados-justica-gedai-ufprNo quinto artigo, Vinícius André Zimmermann e Alex Mecabô, apresentam um estudo sobre o entendimento jurisprudencial, com foco no advento do marketing digital via internet, que proporcionou novos meios das empresas levarem os seus produtos e suas marcas ao conhecimento do consumidor. A pesquisa revelou a existência de ampla quantidade de julgados que aplicam a tese da violação da marca concorrente quando há abusividade nos anúncios pagos.

No sexto artigo, Marcella Paola Moreno Borges da Silva, Osny Buzzo Junior e Luciana Reusing, abordam o custo da proteção de dados, empreendendo uma análise de direito comparado entre a GDPR e a LGPD, no contexto das empresas que assumiram o dever de zelar pelas informações dos clientes e colaboradores, adequando todo o modo de coleta, tratamento e anonimização de dados conforme as novas determinações legais.
O GEDAI agradece imensamente o esforço de seus pesquisadores, bem como o público que prestigia as publicações que vêm sendo desenvolvidas.
May the force be with you!

Deixe uma resposta

Assine nossa newsletter: