Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

A Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade Cultural da UNESCO: Industrias Criativas, Diversidade Cultural e Dereito Autoral

O artigo de Marcos Wachowicz analisa as industrias criativas a partir da Convenção sobre a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais da UNESCO (2005), realizando uma reflexão sobre o Sistema Internacional de Direito Autoral

A Conveção de Berna de 1886 criou as regras de proteção dos bens intelecctuais, que foram posteriormente atualizadas por outros tratados interenacionais, até 1967 quando houve um novo impulso com a criação da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI).Em 1994 com a criação da Organização Mundial do Comércio (OMC) se consolidou um sistema multilateral de regulamentação internacional do comércio.

Os debates de fundo sobre a propriedade intelectual no que tange a sua criação, comercialização e inovação, foi transferida da OMPI para OMC. Os bens intelectuais começaram a ser percebidos em seus aspectos comerciais e econômicos.

Publicado Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal ,Sistema de Información. Científica. Na Revista de Propiedad Intelectual, vol. XI, núm. 15, enero-diciembre, 2012, pp. 177-202 – Universidad de los Andes-Mérida,Venezuela

ARTIGO COMPLETO EM PDF – Pode baixar direto no arquivo em pdf abaixo

artigo_la_convencion_sobre_la_proteccion_y_la_promocion_de_la_diversidad_de_las_expresiones_culturales_de_l

 

Assine nossa newsletter:

Fechar Menu