Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

EDITAIS DE SELEÇÃO 2019 – venha ser um pesquisador do GEDAI

Aberta Seleção 2019 para acadêmicos e pesquisadores

Venha integrar o GEDAI e participar de todas as nossas atividades de pesquisa.

Voce que já é formado ou que ainda está estudando na graduação poderão se candidatar para integrar nosso grupo de pesquisa pesquisas nas áreas de Direito da Propriedade Intelectual e novas Tecnologias.

As inscrições estão abertas e essa é a oportunidade!

O GEDAI lança agora dois editais específicos para estudantes de graduação, e outro para os que já estão graduados (especialistas, mestres e doutores), veja os editais de chamada para novos integrantes, abaixo:

 

 

As inscrições serão feitas através do site, tudo conforme as instruções constantes dos editais.

As informações gerais podem ser encontradas no site www.gedai.com ou por email selecaogedai2019@gmail.com

A divulgação dos resultados será realizada através do site www.gedai.com

 

CRONOGRAMA GERAL:

Abertura do prazo de inscrição:  28 de janeiro de 2019

Encerramento das inscrições candidaturas:  25 de fevereiro de 2019

Divulgação dos resultados / canditatos selecionados:  28 de fevereiro de 2019

Início das atividades: 11 de março de 2019

 

REUNIÕES/ORIENTAÇÕES COM OS PESQUISADORES QUE RESIDAM FORA DE CURITIBA: Informamos para os candidatos que residam fora de Curitiba que as reuniões/orientações serão realizadas através de skype durante o transcorrer do ano, porém os Workshops que serão realizados dias 4 a 8 de novembro de 2019 serão presenciais.

 

PROJETO DE PESQUISA

Os projetos de pesquisa devem detalhar e  buscar aderencia nas seguintes linhas de pesquisa:

Propriedade Intelectual – Inovação e Conhecimento: analisar a tutela jurídica dos novos bens intelectuais advindos da nova Tecnologia da Informação com vistas ao desenvolvimento socioeconômico que promova inovação, inclusão tecnológica e difusão do conhecimento.

Direito Autoral: Direitos Fundamentais e Diversidade Cultural: compreender os efeitos do direito fundamental à cultura sobre os limites do direitos autorais; a proteção e circulação da produção cultural desenvolvida nas instituições públicas; os papéis da cidadania cultural no processo de inclusão social; a função do Estado em matéria cultural, as políticas públicas de cultura e a regulamentação jurídica dos direitos culturais.

Economia Criativa: Propriedade Intelectual e Desenvolvimento – estudar o Direito Autoral enquanto instrumento jurídico capaz de servir como marco regulatório para a formulação de políticas públicas a fim de fortalecer as indústrias criativas e dinâmicas, com vista a uma Economia Criativa sustentável para o país.

Regime Internacional de Propriedade Intelectual: Tratados e Organizações Internacionais (OMC, OMPI e UNESCO) – avaliar o Sistema Internacional de Tutela da Propriedade Intelectual face a revolução tecnológica da informação, das novas formas de comunicação, de expressão, de produção de bens intelectuais e como as novas redes sociais na Internet possibilitam a socialização do conhecimento.

Sociedade da Informação: Democracia e Inclusão Tecnológica – analisar as novas formas de criação de bens intelectuais (obras colaborativas), de transformação criativa (samplers), de distribuição/compartilhamento advindas das redes sociais (P2P), e a socialização do conhecimento enquanto paradigma da cultura digital sobre a regulamentação dos diretos autorais.

Direitos das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC’s):identificar o conteúdo da proteção jurídica e o alcance da circulação da produção cultural desenvolvida nas instituições públicas e do regime de concorrência aplicado às novas mídias na Internet.

Propriedade Intelectual e Direito Concorrencial – compreender a interface do direito concorrencial e da propriedade intelectual nos novos modelos de negócios na Sociedade da Informação com foco no desenvolvimento dos setores produtivos da Economia Criativa.

 

 

Deixe uma resposta

Assine nossa newsletter:

Fechar Menu
pt_BR
en_US pt_BR